Companhia do Canto Popular estreia-se em disco “REBENTO”

Companhia do Canto Popular | foto © Videolotion
Companhia do Canto Popular | foto © Videolotion
REBENTO, novo disco da Companhia do Canto Popular a 15 de Novembro de 2019.

Como uma força da natureza, REBENTO é o trabalho colectivo da Companhia do Canto Popular, novo projecto transversal da música de raiz portuguesa, que reúne músicos com reconhecido percurso na música nacional: André Sousa Machado (diversos projectos de Jazz), Artur Fernandes (Danças Ocultas), José Barros (Navegante, 4aoSul), José Manuel David (Gaiteiros de Lisboa, 4aoSul), Manuel Rocha (Brigada Victor Jara), Manuel Tentúgal (Vai de Roda), Rui Costa (Silence4), Rui Vaz (Gaiteiros de Lisboa, 4aoSul), Sara Louraço Vidal (Luar na Lubre, A Presença das Formigas, Diabo a Sete), com a produção sonoplasta de Tó Pinheiro da Silva (Banda do Casaco).

Da confluência de experiências e vivências de cada um, nasce um ponto comum: os ritmos e as polifonias da música tradicional e popular portuguesa, que se evidenciam neste novo trabalho discográfico, com lançamento a 15 de Novembro. Por outro lado, é precisamente este património musical que diferencia e destaca a Companhia do Canto Popular no panorama musical português, como receptores e transmissores da herança cultural, em forma de canto, para os dias de hoje, dando-lhe novas formas e cores.

O resultado é um disco ecléctico, tanto pelas texturas sonoras multi-tímbricas, como pelas cadências rítmicas que se vão desenhando ao longo de uma hora de música popular com novos e inspirados arranjos. Esta é uma edição Sons Vadios com o apoio institucional do Município de Serpa, Sociedade Portuguesa de Autores e Antena 1.

Deixe um comentário